Outras Notícias

  • Faleceu Carlos do Carmo 04-01-2021

    Ao tomar conhecimento do falecimento de Carlos do Carmo, personalidade ímpar da cultura portuguesa, da música, um dos maiores intérpretes do fado, democrata e...

  • CPPC homenageia Rui Namorado Rosa e 70 anos de luta pela paz 17-03-2019

    O CPPC homenageou Rui Namorado Rosa, membro da sua Presidência e que durante anos assumiu as funções de presidente e vice-presidente da direcção nacional. A...

  • Faleceu Armando Caldas 13-03-2019

    Hoje, 13 de Março de 2019, o encenador e actor, membro da Presidência do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC), Armando Caldas, deixou-nos. Com um...

  • Homenagem a Rui Namorado Rosa 11-03-2019

    O Conselho Português para a Paz e Cooperação tem o privilégio de contar com a participação, nos seus órgãos sociais, de Rui Namorado Rosa, que foi seu...

  • Falecimento de Vítor Silva 08-08-2018

    A Direcção Nacional do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) lamenta informar do falecimento de Vítor Silva, ocorrido na madrugada de hoje. Membro do...

Uma delegação da Frente Polisario, incluindo o novo representante em Portugal, Sr. Ahmed Fal Yahadih, foi recebida na Casa da Paz, sede do Conselho Português para a Paz e Cooperação pela Presidente da Direcção Nacional, Ilda Figueiredo.
Na calorosa troca de opiniões calorosa foi salientado o apoio dado pelo CPPC à luta do povo saraui, incluindo as deslocações aos acampamentos de refugiados e o apoio dado, em coordenação com autarquias portuguesas, à recuperação da Escola Primária 27 de Fevereiro. Foi igualmente salientada a solidariedade com a Frente Polisario na luta muito dura e difícil que desenvolve para fazer frente à repressão constante por parte do Reino de Marrocos, exigindo que se cumpram as decisões da ONU para a região, designadamente o referendo sobre o seu futuro e o respeito pelas riquezas do seu território, nomeadamente na área das pescas.
Por fim, os representantes das duas organizações sublinharam a importância de acções solidárias que permitam um conhecimento generalizado da situação nos territórios ocupados e nos acampamentos e a sua denuncia, de que é exemplo recente a carta aberta ao Governo Português, iniciativa realizada pelo CPPC.