Outras Notícias

  • Faleceu Carlos do Carmo 04-01-2021

    Ao tomar conhecimento do falecimento de Carlos do Carmo, personalidade ímpar da cultura portuguesa, da música, um dos maiores intérpretes do fado, democrata e...

  • CPPC homenageia Rui Namorado Rosa e 70 anos de luta pela paz 17-03-2019

    O CPPC homenageou Rui Namorado Rosa, membro da sua Presidência e que durante anos assumiu as funções de presidente e vice-presidente da direcção nacional. A...

  • Faleceu Armando Caldas 13-03-2019

    Hoje, 13 de Março de 2019, o encenador e actor, membro da Presidência do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC), Armando Caldas, deixou-nos. Com um...

  • Homenagem a Rui Namorado Rosa 11-03-2019

    O Conselho Português para a Paz e Cooperação tem o privilégio de contar com a participação, nos seus órgãos sociais, de Rui Namorado Rosa, que foi seu...

  • Falecimento de Vítor Silva 08-08-2018

    A Direcção Nacional do Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) lamenta informar do falecimento de Vítor Silva, ocorrido na madrugada de hoje. Membro do...

justiça

  • 25 de Abril | Vem à janela! Canta a Grândola!

    25 de abril vem a janela canta a grandola 1 20200418 2004264324

  • A vida à frente do lucro privado!

    a vida a frente do lucro privado 1 20210317 1387069922
     
    O CPPC colocou à consideração de organizações o seguinte texto:
    A vida à frente do lucro privado!
    Por uma justa distribuição de vacinas contra COVID-19
    Pela suspensão dos direitos sobre as patentes das vacinas
    Os avanços científicos e técnicos que marcam o nosso tempo devem ser colocados ao serviço da Humanidade e da resolução dos seus mais graves problemas, quanto à saúde, à alimentação, à habitação e a outros direitos sociais fundamentais, e à economia, às infraestruturas, à energia ou ao ambiente, com vista a os assegurar.
    Em plena pandemia de COVID-19, tem um profundo significado o desenvolvimento tão célere de vacinas contra esta doença, dada a importância da vacinação massiva da população ao nível mundial de forma a superar a actual situação e salvar milhões de vidas.
    Porém, as vacinas não estão a chegar a todo o lado ao mesmo tempo. Países economicamente mais desenvolvidos concentram um elevado número de vacinas, enquanto mais de uma centena de países continuam sem vacinas para administrar.
    É inaceitável que as grandes multinacionais farmacêuticas, que receberam milhares de milhões de euros de apoios públicos diretos para investigação e desenvolvimento de vacinas contra a COVID-19, venham agora impor condições, regatear preços, vender a quem dá mais, privilegiando milhares de milhões em lucros à custa da privação deste importante instrumento de saúde pública por parte de milhões de seres humanos.
    Na União Europeia, vários países (entre os quais Portugal) sofrem atrasos no processo de vacinação, dada a incapacidade ou falta de vontade das farmacêuticas em disponibilizarem as doses contratualizadas e a indisponibilidade da União Europeia em adquirir vacinas de comprovada qualidade em outros países que não ao núcleo restrito de multinacionais de países da UE e dos EUA.
    A eficácia da vacinação depende da amplitude e rapidez da sua concretização ao nível mundial, pelo que é necessário que as vacinas cheguem a todos os países e às respectivas populações.
    As organizações portuguesas, com intervenção em várias áreas da vida nacional, instam:
    à aquisição das doses necessárias à vacinação massiva da população portuguesa onde quer que elas existam, não se restringindo aos acordos celebrados pela União Europeia;
    à suspensão dos direitos das patentes das vacinas contra a COVID-19;
    à cooperação entre todos os países e organizações internacionais no combate à COVID-19, nomeadamente assegurando uma justa distribuição das vacinas, fazendo-as chegar a quem mais precisa, viva onde viver;
    a que, nesta como noutras áreas, as conquistas da ciência e da técnica sirvam o progresso da Humanidade e não os colossais lucros de alguns poucos.
    Organizações subscritoras:
    • Associação Água Pública
    • Associação Conquistas da Revolução (ACR)
    • Associação de Amizade Portugal – Cuba (AAPC)
    • Associação Intervenção Democrática (ID)
    • Associação Portuguesa de Amizade e Cooperação Iúri Gagárin (AIG)
    • Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses – Intersindical Nacional (CGTP-IN)
    • Confederação Nacional de Reformados, Pensionistas e Idosos (MURPI)
    • Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC)
    • Ecolojovem – Os Verdes
    • Juventude Comunista Portuguesa (JCP)
    • Movimento Democrático de Mulheres (MDM)
    • Movimento pelos Direitos do Povo Palestino e pela Paz no Médio Oriente (MPPM)
    • Organização dos Trabalhadores Científicos (OTC)
    • Projeto Ruído
    • Sindicato dos Professores da Região Centro (SPRC)
    • Sindicato dos Trabalhadores do Município de Lisboa (STML)
    • União dos Sindicatos de Lisboa (USL)
    • União dos Sindicatos do Distrito de Braga (USDB)
    • União dos Sindicatos do Distrito de Leiria (USDL)
  • Ato Público | Pela Justiça e Igualdade Social! Solidariedade com o povo dos EUA! | Lisboa

    ato publico pela justica e igualdade social solidariedade com o povo dos eua lisboa 1 20200608 1086524358

    Em todas as iniciativas do CPPC serão respeitadas as recomendações de salvaguarda da saúde pública.

  • Ato Público | Pela Justiça e Igualdade Social! Solidariedade com o povo dos EUA! | Porto

    ato publico pela justica e igualdade social solidariedade com o povo dos eua porto 1 20200608 1994535867

    Em todas as iniciativas do CPPC serão respeitadas as recomendações salvaguarda da saúde pública.

  • Ato público de solidariedade com o povo dos EUA | Lisboa

    ato publico de solidariedade com o povo dos eua lisboa 3 20200619 1413038169

    Realizou-se hoje, 9 de Junho, na Praça do Martim Moniz em Lisboa, o "Ato Público de Solidariedade com o povo dos EUA! Pela justiça e igualdade social" promovido pelo Conselho Português para a Paz e Cooperação, a que aderiram muitas outras organizações.

    Neste momento de afirmação da solidariedade com a luta do povo norte-americano pela justiça e a igualdade social, contra o racismo e a ameaça do fascismo, pela luta em defesa das liberdades e direitos democráticos, foram ouvidas intervenções de Filipe Ferreira, CPPC, de André Levy, biólogo e ator que viveu vários anos nos EUA e segue de perto a situação naquele país, de Paulo Renato, dirigente sindical filho de imigrantes, de Francisco Canelas da URAP e de João Barreiros do Conselho Nacional da CGTP-IN.

  • Ato público de solidariedade com o povo dos EUA | Porto

    ato publico de solidariedade com o povo dos eua porto 1 20200619 1660741429

    Junto à Casa da Música, no Porto, o "Ato Público de Solidariedade com o povo dos EUA! Pela justiça e igualdade social" promovido pelo Conselho Português para a Paz e Cooperação, com a participação de cerca de 100 pessoas, foi um momento de afirmação da solidariedade com o povo norte-americano que luta contra as injustiças, discriminações raciais e sociais e as profundas desigualdades que a pandemia da COVID 19 tornou ainda mais visíveis, com mais de 100 mil mortos da doença, mais de 40 milhões de desempregados vítimas da Administração de Donald Trump.

    Na iniciativa, que foi dirigida por João Rouxinol, dirigente do CPPC, intervieram o jovem Afonso Beirão, o professor e sindicalista Henrique Borges e Ilda Figueiredo, presidente da direção do CPPC, tendo-se afirmado a solidariedade com o povo dos EUA e os povos de todo o mundo que também são vítimas das ingerências, chantagens, bloqueios económicos e ameaças de agressão pela Administração dos EUA/Donald Trump, como acontece na América Latina e no Médio Oriente. Foram também denunciadas as manobras da NATO que estão a decorrer no Mar Báltico, apesar da pandemia, e as ameaças que pairam sobre o povo da Palestina, com a ameaça do atual governo de Israel, apoiado pela Administração dos EUA, agravar a ocupação no próximo dia 1 de Julho.

  • Conferência | Médio Oriente | Defesa da Justiça e da Paz

    conferencia medio oriente defesa da justica e da paz 1 20200929 1715029900

  • Dia 25 de Março, Dia Nacional de Luta dos Jovens Trabalhadores

    dia 25 de marco dia nacional de luta dos jovens trabalhadores 1 20210330 1477821207
     
    O CPPC – Conselho Português para a Paz e Cooperação – expressa o seu apoio ao dia de luta dos jovens trabalhadores por emprego estável e com direitos, marcado para o 25 de março pela Interjovem.
    Numa altura em que a vida da juventude é marcada pela precariedade, baixos salários, períodos experimentais, desregulação de horários de trabalho e instabilidade na vida, importa reafirmar que a luta pela paz é indissociável da luta pela melhoria das condições de vida dos povos e, em particular, da juventude.
  • Médio Oriente: Defesa da Justiça e da Paz | Lisboa

    medio oriente defesa da justica e da paz lisboa 1 20201113 1274295284

  • Não podemos respirar por Carlos de Oliveira Garcia*

    nao podemos respirar por carlos de oliveira garcia 1 20200608 1872963068

    Subitamente, neste mês de junho de desconfinamento cauteloso face a um vírus perigoso, eis que um outro tão ou mais virulento fez soar o alarme nas consciências de mulheres e homens, jovens ou menos jovens, inquietando-os e levando muitos a tomar partido pela justiça, decência e humanidade. Até quando esse desconforto visível e audível irá durar não se sabe. Mas enquanto durar é bom para o ambiente.

    «I can’t breathe», o apelo aflitivo de George Floyd antes de morrer, percorre o mundo à velocidade da indignação e revolta contra a brutalidade racista nos EUA. Este crime é mais um de uma longa série de crimes idênticos perpetrados por forças policiais, contra os seus concidadãos afro-americanos mas não só.

    A brutalidade policial, discriminação racial e violência contra as minorias estão enraizadas e impregnadas na história dos EUA desde a sua fundação.

  • O 45º aniversário da Constituição da Paz

    o 45 aniversario da constituicao da paz 1 20210405 1753809911
    O Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) saúda o 45º aniversário da Constituição da República Portuguesa (CRP), aprovada e promulgada a 2 de Abril de 1976, que consagrou amplos direitos democráticos – políticos, sociais, económicos e culturais – conquistados pelo povo português com a Revolução de Abril, iniciada a 25 de Abril de 1974, que pôs fim ao fascismo e ao colonialismo, apontando, nomeadamente, um novo rumo para as relações externas de Portugal pautado pelo respeito da soberania e independência nacionais, de uma política de paz, amizade e cooperação com todos os povos do mundo, exprimindo a vontade soberana do povo português da assunção do seu próprio destino, sem ingerências externas.
  • Pela justiça e a igualdade social - Solidariedade com o povo dos EUA

    pela justica e a igualdade social solidariedade com o povo dos eua 1 20200608 1796045754

    O Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) expressa a sua solidariedade para com o povo dos EUA que, na sequência de mais um assassinato de um cidadão negro às mãos de forças policiais, tem realizado grandes manifestações nas ruas de várias cidades contra a discriminação, pela justiça e a igualdade social.

    O CPPC condena a forte repressão de forças policiais e militarizadas contra os manifestantes, que no exercício dos seus legítimos direitos exigem o respeito e o cumprimento dos direitos de todos.

    Os EUA são actualmente o país com maior número de infectados e de vítimas mortais da Covid-19, em resultado da desvalorização da situação e da não tomada de medidas preventivas adequadas por parte da Administração presidida por Donald Trump.